sábado, 23 de fevereiro de 2013

O Maníaco do Circo e o menino que tinha medo de palhaços - Leonardo Barros

Bom dia!

Quem acompanha o blog viu que já apresentei o livro em uma postagem dias atrás e aproveitando o ensejo de terror que assola o blog e trouxe essa resenha . Um livro que trás mistérios, erotismo, suspense e terror do início ao fim. Um  Romance Policial, fora de série.


Título: O Maníaco do Circo
Autor: Leonardo de Barros
Páginas: 306
Gênero: Romance Policial
Editora: Independente
Sinopse: O Maníaco do Circo” aborda o tema da psicopatia, da fobia, e conta a história de Renato, uma criança com personalidade psicopata que, através de sonhos e alucinações, constrói um mundo mítico onde os palhaços são manifestações materiais de um demônio. O garotinho cresceu e se tornou um homicida missionário. Sua missão: tentar purificar as almas possuídas por esse demônio, ou livrar o mundo de sua ameaça. O leitor vai acompanhar a gênese da loucura, a espontaneidade da primeira execução e a necessidade que o psicopata tem de dar continuidade a uma sina mórbida, tão necessária para ele quanto o próprio ar. Até que a história se complica com o aparecimento de um criminoso, apelidado de “Maníaco do Circo”, que assola a cidade, deixando todos perplexos com a sua crueldade. Quem é o Maníaco do Circo? Quem se esconde por trás da maquiagem de palhaço? Esse mistério, somente você poderá desvendar!


O Maníaco do Circo é um livro simples. Um livro simples que nos leva a realidades brutas e chocantes. Um trio de palhaços terroristas em uma festa, um maníaco pintado de palhaço que abusa da inocência das meninas, uma mãe alcoólatra que não respeita seu filho, despejando sua raiva no menino, a mesma mão que acaricia é a mesma que fere. Um menino que tem alucinações a noite e vê palhaços roubarem seu ar e seus sonhos. Uma menina que é sequestrada e nunca mais leva uma vida normal. E todas as histórias se entrelaçam de uma forma tão natural, que nos leva a uma intensa adrenalina do início ao fim.

Pois bem a palavra simples já não cabe mais durante todo o enredo. O Livro depois da simplicidade é marcante, que impressiona. Ficamos com a mente arregalada querendo que esse martírio terrorista termine logo. Mas não porque é ruim, mas porque você quer que todos eles se livrem de todo o peso de suas loucuras internas.

Brenda tem sua festa presenteado com palhaços de piadas bizarras e más intenções, mas quem iria adivinhar? E desde então nunca mais sua vida foi normal.

Renato um menino de 12 anos tem o respeito perdido por sua mãe, que não entende seus medos noturnos, o submetendo a cenas de choque direto com seus receios. Isso me deixou muito perturbada pois sou mãe, inevitável, a comparação. Ele cresce alucinando com palhaços do seu lustre que tomam formas bizarras em sua imaginação criando um mundo em que os palhaços são a materialização dos demônios , fazendo com que ele cresça com um personalidade psicopata em que ele tem que acabar com os demônios que possuem outras pessoas. seu objetivo é limpar a alma daquele ser. Então ele mata, e começa até a criar um método. quando tudo começa a entrelaçar.

Ele é farmacêutico, cria "balas" de êxtase, para vender na casas noturnas da cidade, e por ventura é pego pela polícia local, porém sem provas suficientes, volta as ruas. No meio desses policias tem o Valdo, um homem nervoso, um tanto explosivo que quer mesmo é acabar como o cinismo do Farmacêutico. Ele é namorado de Natália, que é surpreendida por Renato, uns dias depois  na rua enquanto fazia programa. E nela está o dragão vermelho, o demônio e Natália tem que ser purificada. E tudo se vai se desenrolando e Renato em sua crença em seres místicos de uma religião, vai na sua verdade purificando os Dragões Vermelhos de seu caminho.

E onde o Maníaco se encaixa? Ao longo do livro ele faz mais vítimas inocentes, e Renato decidi procurar por ele e por fim a esse Maníaco seria um bom final, bem clichê e bem natural, porém não é isso que acontece. Os livros do Leonardo nunca são clichês. Não são previsíveis. São impactantes e expressivos. Eu adoro seus livros.

Aqui volta a simplicidade, uma simplicidade que choca, que você não imagina, que você não prevê. Que você chega a refletir sobre aquela cena e pensar o porque tinha que ser assim.

Quem gosta de terror, de ter sua imaginação cutucada, de ter sua inocência perdida em meios a tantos fatos, é uma ótima pedida! Maníaco do Circo não deixa a desejar e você mudará seu conceito.

E um detalhe muito legal é que o livro tem algumas artes, de algumas cenas importantes, e isso até deu um pouco mais de vida durante a leitura, as artes é de autoria do próprio autor do livro.

E é isso, mais uma resenha no blog, uma resenha de sentimentos, o livro foi muito bem revisado, não encontrei erros e a capa de um palhaço esconde de fato o que livro passa fazendo nos surpreender. Espero que gostem e quem quiser comprar cliquem nos links abaixo e adicionem nas redes sociais e aproveitem a compra em formato digital na Amazon também!


Então segue os links da rede social, de compra e skoob:


Onde comprar:

Versão IMPRESSA: diretamente com o autor (autografado e sem frete. Pagamento pelo pagseguro, por boleto bancário) *Esta é a única forma de comprá-lo.
Versão DIGITAL (mobi para kindle)

6 comentários:

  1. O livro parece interessante, mas tem um dos temas que eu não leio, assisto ou procuro: violência contra crianças. Não sei se lerei.

    :)

    ResponderExcluir
  2. Ótima resenha... O livro parace mesmo ser um daqueles que por mais que seja aterrorizante você não quer parar de ler nunca...

    ResponderExcluir
  3. Oi Irinia, eu não sou fã de terror, mas acredito que devo estar aberta para todo tipo de leitura.
    Beijinhos e bom sábado para você.
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Vou ler assim que puder, gostei da capa, da sinopse e da resenha, gosto deste gênero e tem todos os ingredientes que me agradam!
    Bjs,
    Pati

    ResponderExcluir
  5. Oi Irinia!

    Achei o título desse livro super interessante...e,com a sua resenha, fiquei ainda mais curiosa pra comprar e ler! Achei a mistura de tudo q envolve esse livro bem agradável, acho q gostarei muito dele ^^ Bela resenha! :)

    Bjão!

    Paulinha.
    http://www.tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Assim que olhei para essa capa e título me lembrei do Sam Winchester. Já pensou ele com a fobia que tem de palhaços lendo esse livro??? Coitado...

    Nossa... que trama! Adorei sua resenha! O livro parece ser de tirar o fôlego!! Adorei!

    Beijusss;

    ResponderExcluir

Gostou do post?
Curta , comente e compartilhe!
Deixe seu link e eu retribuo!

Beijos e até a próxima!

Irinia Zachello